Fantasmatica Aparição


Durvalinea e sua poodle litle toy pintada de Pink não se desgrudavam jamais,moviam seus corpos pra La e pra Ca e quando estavam na cadeira magnânima de balanço,se sentiam em uma espaçonave viajando a séculos,por entre a poeira cósmica atravessando anéis de infinitos saturnos.

Durva como gostava de ser chamada pelos vizinhos,tinha repugnância a Rua,sim,vivia dentro de casa e recebia muitas visitas, umasss 4 ou 5 por semana,ta eu sei o que leitor deve estar pensando,matutando,épouco!!!!em compensação nos findesemanas recebia suas netas e filha e almoçavam no jardim.o que lhe enchia o dia era cuidar de plantas e dos 381 gatos,381 sim,calma explico,eram apenas 4 gatos de verdade mais 377 de costura ,pois ela vivia costurando,para fechar a conta ela ´so tinha mais um hamster que morava em uma gaiola-laboratório-giratória,coitado do bichinho vivia se exercitando até as Exauras. viviam todos,na casa-mansão.

Era Ranzinza e murmuradora.Tocou a campainha e La foi ela murmurando,mas praque?alguem agora?o que que esse infeliz quer comigo?eu La sou pessoa de papo-furado?de dar trela pra qualquer vivente que vem em hora importuna?eram,10 e 17 da manha e neste horário sagrado Durva lia sua bíblia sagrada um manual de borda e costura e tomava seu remédio epicospal,depois as 11hrs religiosamente iria orar uma novena com auxilio de um programa de radio qualquer.

Abri a porta apareci a mais bonita sorriu pra mim’,calma isso era apenas uma musica que lhe estalava o pensamento desde que a tinha ouvido na tv(uma banda chamada Cor do Som)...abriu a porta,sua casa cheirava a mofo,devido a janelas e portas cerradas,ao abrir a porta parecia que o cheiro iria empestar a cidade toda La fora.

Não tinha ninguém do lado de La.....nesse momento um vento frio invadiu seu peito e teve um pressentimento de que estava sendo observada,sonhos macabuzios sobre cidades vampirescas lhe via a memória,tratou de expanar rapidamente tais malévolos pensamentos,caminhou a te o paralelepípedo fazia um belo dia ensolarado de azul anil,mas não viu ninguen indo nem vindo.voltou pra casa e bateu a porta que rangeu como o sonido de um trem.

Entrou desacorsoada em casa.....o dia esta cheio hoje,foi demais para ela esse susto de ninguém a porta no seu mundo nada tedioso,dirigiu-se ao espelho do quarto que refletia seu aposento limpido,organizado e cristalino nao viu nada de anormal,tudo estava sereno,mas quando olhou pra trás ,viu ,macabunzio,sorumbático,e diabólico,o vampiro que não refletia no espelho..foi quando desfaleceu e desmoronou osteoporáticamente...

Continua amanha....


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2023 by ADÃO KANT / Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Classic