POEMA CINEMATOGRÁFICO

January 23, 2011

Este filme dispensa recomendações,mergulhado na esfera po[etica,profundamente denso e carregado do drama da emoção de cada personagem,o filme baila na dimensão do drama e da realidade dolorosa e densa,ou céu e inferno de todo dia,o diretor busca na miséria,corrupção das ações humanas,na devassidão,drogas,no feio,no sujo,no suburbano,o belo. E encontra,com um pano de fundo fotográficomagistral igualmente se dá com a trilha sonora e atuação soberba do protagonista Jvier Bardem,sem fugir ao esquema de Alejandro,odiretor,varias cenas de personagens que se interligam de alguma maneira,com uma carga emotiva sensacional,colocando o sofrimento como valvulade escape para se chegar a um degrau além,esse filme épura arte,pura contemplação,constrangimento,sofrimento,emoção,uma busca incessante pela sobrevivencia,o protagonista casado com uma mulher que éprsotituta,tem, dois filhos,e sofre cancer terminal,trabalha com negócios de imigrantes chineses e imigrantes africanos  na espanha,de quebra ainda vemos barcelona como nunca...!!!!!!! quem viu Amores brutos e Babel não pode perder esse filme!!!!!!!!!!!!!!!

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Arquivo